Camilo CalandreliDante MantovaniEducaçãoEloi VeitNotíciasOlavo de Carvalho

Simpósio Conservador de Ribeirão Preto contou com participação de Bolsonaro e mais de 700 pessoas

III Simpósio Nacional Conservador de Ribeirão Preto

Com um público de mais de 700 pessoas, foi encerrado o Simpósio Nacional Conservador de Ribeirão Preto. O evento promovido pelo Grupo Brasil Limpo aconteceu no último sábado e domingo (5 e 6 de outubro), reunindo mais de 50 cidades brasileiras, além de abertura diretamente do Palácio do Planalto pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

“Parabéns a todos vocês por esse Simpósio. Aproveito para dizer que nós não podemos perder a guerra da informação. Deixamos isso à vontade no passado, mas agora já estamos preparando mudanças na questão da cultura, da Funarte, da Ancine. O Brasil mudou”, comentou o presidente.

A líder do Governo no Congresso Nacional, Joice Hasselmann abriu o primeiro painel do Simpósio destacando a importância do engajamento dos conservadores para a mudança do país. “Estou vendo que a cada ano o Simpósio cresce mais, isso é muito bom. Temos um papel fundamental neste momento, muitos de nós [aqui no evento] estamos em posição estratégica no poder. Temos um time que decidiu se engajar na política para fazer a mudança de dentro para fora”, afirmou.

Os painéis do primeiro dia de evento que abordaram liberalismo econômico, educação e doutrinação ideológica, reformas para o Brasil, direito e novilingua, pacote anticrime e militarismo ficaram por conta dos participantes: deputada federal Bia Kicis, deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança e deputado federal General Petternelli. Além dos pensadores Rafael Nogueira, Thomas Giulliano, Miguel Nagib, Marisa Lobo, Luis Vilar, Valéria Giglio, Flávio Morgenstern, Cláudia Piovesan, Ludmila Grilo, General Paulo Chagas, Lorenzo Carrasco e Cel. Edno Martins.

Segundo o organizador do Simpósio, Camilo Calandreli, este evento é uma grande oportunidade de difusão de conhecimento e ideias conservadoras pelo Brasil afora. “Temos um grande desafio, que é implantar a Agenda Conservadora 2020 com ações de fato, e este evento têm o poder de agregar conhecimento teórico e prático. Foram dois dias intensos de trabalho difundindo as ideias conservadoras”, finalizou.

No domingo, as atividades reuniram os pensadores Rafael Nogueira, Flávio Morgenstern, Breno Paradelo, Dante Mantovani e Henrique Viana. Os temas passaram por ambientalismo, guerra cultural, marxismo e Brasil Paralelo. Também foi tratado o “Ativismo nas Ruas” com o deputado estadual Arthur do Val e a deputada federal Carla Zambeli que destacaram a busca pela inovação nos movimentos e a importância das ideias contrárias e da discordância de pensamentos.

No encerramento do evento, o professor Olavo de Carvalho participou ao vivo diretamente de Virgínia (EUA). Ele destacou toda a sua jornada de trabalho em prol do conservadorismo. “São 50 anos de trabalho, praticamente toda minha vida adulta pela direita. As ideias conservadoras foram excluídas por 50 anos, criminalizadas. Foi difícil quebrar este muro de silêncio e quebramos graças ao personagem Jair Bolsonaro, que inaugurou um estilo que diferia completamente do estilo habitual, que se caracterizava por honestidade, sinceridade e simplicidade”, opinou.

O Simpósio Nacional Conservador de Ribeirão Preto foi transmitido ao vivo pelo perfil oficial do Grupo Brasil Limpo e Rádio MCI e todos os vídeos estão disponíveis na página. As atividades tiveram participação especial do Brasil Paralelo e parceria com Associação Nacional dos Conservadores (ACONS), Rádio MCI – Música Cultura e Informação, além de apresentações artísticas eruditas.

 

Fonte
Assessoria de Imprensa - Ana Paula Carvalho
Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar