Cláudia PiovezanDireitoJornalismoNotícias

Moro discursa no lançamento da Frente Parlamentar de Segurança Pública

No dia 20 de março de 2019, foi lançada a Frente Parlamentar de Segurança Pública, composta por 304 deputados federais e senadores. Na cerimônia, esteve presente o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que fez um importante discurso demonstrando que o seu Ministério tem tomado diversas e importantes medidas para combater o crime organizado, o crime do colarinho branco e crimes violentos e que está bem ciente das mudanças que são necessárias para a melhoria da segurança pública no país, em todas as suas frentes, a começar pela investigação criminal chegando ao cumprimento da pena e sistema penitenciário.

http://www.justica.gov.br/news/collective-nitf-content.51

O Ministro, recém-chegado da viagem da comitiva presidencial aos Estados Unidos, iniciou com um breve relatório dos acordos e contatos que foram realizados com diversos órgãos daquele governo, não apenas em relação à sua pasta, para também pelas pastas da economia, comércio e relações exteriores, ciência e tecnologia, demonstrando a coesão entre todos os integrantes da comitiva. O relato feito sobre os acordos celebrados por seu Ministério com diversos órgãos de segurança americanos é de encher os olhos, pois sinaliza que o combate ao crime pode estar iniciando um novo tempo, começando com o fechamento das nossas fronteiras e passando pela integração entre os órgãos brasileiros e destes com organismos internacionais, o que sempre foi um desejo de todos os que anseiam por realizar um verdadeiro confronto com a criminalidade no país, quiçá iniciando a verdadeira guerra contra o narcotráfico, pois até hoje só tivemos um espantalho.

http://justica.gov.br/news/collective-nitf-content-1553073984.69/view

Destaco a declaração do Ministro de que as medidas que estão sendo tomadas no âmbito administrativo são muitas e variadas e independem de alterações legislativas, de modo que sinaliza que o Ministério não está e não ficará refém do Congresso Nacional, o que é relevante na semana marcada por alfinetadas enviadas pelo presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia, que criticou a atuação de Sérgio Moro na articulação com o congresso acerca do pacote legislativo anticrimes. Moro cobrou urgência na tramitação do projeto, sem deixar de destacar a importância de alterações e melhorias que devem ser feitas pelo parlamento ao projeto, e chamou à responsabilidade os parlamentares, tendo em vista que o país tem urgência em recrudescer o combate ao crime, diante de 70.000 homicídios anuais, sem prejuízo da reforma da previdência e de políticas públicas de bem-estar social, mas afinal, antes de estarmos ricos, precisamos estar vivos.

Outro ponto a ser destacado foi a notícia de reformulação e finalização do SINESP, banco de dados  que centralizará as estatísticas relacionadas aos crimes no país todo, de modo a deixarmos de assistir órgãos oficiais replicando estatísticas enviesadas, formuladas por órgãos não oficiais, muitas vezes com caráter notoriamente ideológico. Talvez no futuro não tenhamos mais de lutar contra estatísticas absurdas, tais como as que foram defendidas pelo Ministério de Segurança Pública do governo anterior, por Conselhos Nacional de Justiça e do Ministério Público, pela mídia e por grupos militantes, as quais não param em pé quando confrontadas com a realidade.

Como já escrito, a Frente Parlamentar conta com 304 parlamentares, o que é um número significativo, e esperamos que todos eles estejam plenamente conectados com a vontade do eleitor brasileiro, que mandou um recado claro nas urnas de que não suporta mais violência e impunidade, seja de quem for.

Por fim, ao pesquisar na internet a repercussão do evento e do discurso do Ministro Moro, verifiquei um silêncio retumbante dos grandes órgãos de imprensa, que mais uma vez demonstram total desprezo pelos interesses verdadeiros do povo brasileiro. Por outro lado, há diversas repercussões a qualquer crítica direcionada ao Ministro e à sua atuação.

Veja o discurso na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=KQ1paoWnz5Y

Tags
Ver mais

Cláudia Morais Piovezan

Graduada em Direito pela Universidade Estadual de Londrina; Mestre em Direito Comparado e Ambiental pela Universidade da Flórida, Gainesville-FL; Idealizadora e organizadora do Fórum Educação, Direito e Alta Cultura; Aluna do Curso On line de Filosofia; Promotora de Justiça da Comarca de Londrina, no Estado do Paraná.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar