Dante MantovaniEducaçãoLinguísticaMídiaOlavo de Carvalho

Manuel de como escrever um texto difamatório sobre Olavo de Carvalho

que também pode servir para realizar uma entrevista porca que distorça seu pensamento a ponto de desfigurá-lo

Por Dante Mantovani *

 

 

Inspirado pela Misericórdia Divina, e a fim de que não morram de congestão cerebral pelo inabitual uso dos próprios neurônios – prática que pode levar jornalistas (com diploma!) ao referido colapso e à morte precoce -, resolvi redigir este pequeno manual de como escrever um texto difamatório contra Olavo de Carvalho, que também pode ser usado para realização de entrevistas que distorçam o entrevistado a ponto de transformá-lo em espantalho disforme, mas sobretudo com a finalidade precípua de evitar esforço mental e suas nefastas consequências em cérebros laureados com diploma de jornalista. Passo ao referido manual.

 

 

Preâmbulo e preparação para escrever o texto ou realizar a entrevista:

 

-Jamais leia qualquer livro do prof. Olavo de Carvalho, mas diga que leu pedaços de “O Mínimo”.

-Jamais assista a um dos cursos do prof. Olavo de Carvalho, em especial o COF, pois se você assistir corre o risco de aprender algo sobre o pensamento do seu espantalho, ops… do seu entrevistado; e também, claro, há o risco de que seu cérebro entre em colapso precocemente.

-Jamais converse com algum de seus verdadeiros alunos ou ex-alunos, a fim de que você não corra o risco de se aproximar da verdade sobre o trabalho do seu entrevistado;

 

No primeiro parágrafo do texto, ou primeira parte da entrevista:

  • Chame-o de Guru da Extrema-Direita, autor de idéias fascistas;
  • Chame-o de Astrólogo;
  • Chame-0 de Ideólogo do Governo Bolsonaro;
  • Diga que Olavo fugiu do Brasil por conta de dívidas no município de Iguape, e que por morar fora do Brasil nada pode fazer pela pátria, em especial se o assunto for a generosidade dos chineses para com o Brasil;

No segundo parágrafo

  • Revele ao mundo (dos seus amigos maconheiros) que Olavo disse que há fetos abortados na Pepsi Cola;
  • Revele ao mundo que Olavo construiu uma barca egípcia para viajar no tempo;
  • Revele ao mundo que Olavo disse que a Terra é plana;
  • Revele ao mundo que Olavo é um agente Sionista-Muçulmano-Islamofóbico e Maçom;

 

 

No terceiro parágrafo:

  • Revele ao mundo que Olavo não tem um valioso ´diproma’ igual ao seu, o que iguala ele a nomes ultrapassados da filosofia, como Sócrates, Platão, Aristótelez, Leibniz, Pitágoras e muitos outros deploráveis seres retrógrados que não devem ser levados a sério por não possuírem a chancela bacharelesca do “MÉQUI”;

 

  • Revele ao mundo que Olavo indicou dois ministros ao governo Bolsonaro, e que isto é prova de que ele é ideólogo do governo Bolsonaro, com auxílio de Trump, da Cia, dos Cavaleiros do Zodíaco, dos taxistas e dos eletricistas.

 

No quarto parágrafo:

 

11 -Demonstre o quanto os “intelequituais” da academia brasileira desprezam o Olavo porque os livros dele vendem mais do que toda a produção livresca de todo o corpo docente da USP de todos os tempos somado;

 

12 -Demonstre como Olavo “se ressente” dos militares quando ele aponta a contumaz mania que nossos ilustres guerreiros verde-oliva têm de bater continência para comunistas terroristas inimigos da Pátria e do próprio Exército;

 

 

No quinto parágrafo:

 

13-Demonstre a sordidez que é Olavo ganhar dinheiro com seus próprios livros e cursos, e não com vultosas verbas públicas, como os blóguis descolados em que vocês trabalham quando não estão fumando maconha;

 

14-Demonstre como Olavo é senil porque fumou cigarro e agora fuma cachimbo, e o quanto ele é bobão por nunca ter fumado maconha nem

Na conclusão:

 

15- Faça contato com algum desafeto do Olavo que o detesta, chame-o de ex-aluno, anote tudo o que ele disser e publique tim tim por tim tim dizendo que se trata da opinião de ex-alunos sobre o Professor;

 

Na conclusão

 

Diga que vivemos em uma era de preconceito e de fascismo, em que a sombra de Rasputin está de volta, ameaçando nossa maravilhosa sociedade progressista a um tenebroso recuo aos umbrais da Idade Média;

 

Diga que Olavo é preconceituoso, homofóbico, islamofóbico, comunistofóbico, paranoico , eletricista e taxista.

 

Ps1.

 

-Não direi o que é preciso omitir sobre a biografia do Olavo, porque aí vocês correm o risco de entender o que é preciso “emitir”, e isso prejudicaria sua tarefa;

 

 

PARABÉNS!

 

 

Pronto! Você concluiu seu texto ou entrevista sobre Olavo de Carvalho! Agora você terá mais 3 meses de salário no seu veiculozinho de mídia decadente, o que te permitirá fumar mais alguns baseados antes de ter que distribuir currículo em supermercados, padarias, farmácias e postos de gasolina; mas até lá você pode continuar se drogando e achando que o mundo real não existe, pois eu sei o quanto é duro para você imaginar que um dia terá que trabalhar de verdade.

 

Mas se você quiser se antecipar a este doloroso processo de parto da verdade, que mais hora menos hora chegará também para você e sua “tchurminha dixcolada”, inscreva-se no COF e aprenda com aquele que ora você difama ; talvez você não chegue a ter congestão cerebral…. quem sabe…..

 

 

 

 

*Dante Mantovani é “dotô” pelo Méqui, mas não tem “diproma” de jornalista, e ainda ´peor´ , é aluno do Olavo de Carvalho há vários anos.

 

Ps2. Vamos abolir o preconsseitu linguísticu;

Tags
Ver mais

Dante Mantovani

Dante Mantovani Maestro da Orquestra Jovem de Paraguaçu Paulista, Graduado em Música, Doutor em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina, Formado em Regência Orquestral pela EFNL, da Espanha, é criador do Seminário de Música e Diretor do Festival de Música de Paraguaçu Paulista - SP desde sua fundação em 2017.

Artigos relacionados

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar