JornalismoLúcia MaroniMúsica

Eudóxia de Barros abrilhanta o terceiro dia do FEMUSPP

Na manhã desta sexta-feira, o professor Davi Valukas deu palestra no Auditório do Departamento de Educação com o tema “Falando de Jazz – dos guetos ao Carneggie Hall”, em que discorreu desde os primórdios do jazz que teve sua origem em Nova Orleans, na Louisiana. O som característico surgiu porque os negros que ficaram com os instrumentos musicais, depois que os soldados franceses os colocaram a venda e foram embora, os tocavam de qualquer jeito.

Ao longo da palestra, Davi percorreu os vários estilos que derivaram originalmente do jazz. Por fim, Valukas questionou o porquê de um movimento desses de Marsalis, que sempre arrasta uma multidão de fãs aos shows, não dar certo por aqui. “Eu acredito que um dos motivos seja a falta de incentivo de organizações que trabalhem [com música] e que não é só obrigação do estado, mas falta também uma pegada da iniciativa privada e dos próprios músicos que se ajuntem para viabilizar a execução desse tipo de música”.

Durante o dia, ainda aconteceram as oficinas de música dentro do Colégio Objetivo. Já na Igreja Matriz a pianista Eudóxia de Barros ensaiou para a apresentação do recital, que ocorreu às 20:30. No programa, ela tocou peças de compositores como Villa-Lobos, Liszt, Chopin, Camargo Guarnieri e também de seu marido, Osvaldo Lacerda.

Eudóxia foi aplaudida várias vezes – e até mesmo em pé – durante sua apresentação, que foi paralisada por alguns minutos para ajuste do piano. Porém, mesmo com esse problema, ela prosseguiu até o fim. Para o bis, a peça escolhida foi um clássico gravado por ela, chamado “Grande Fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro, de Louis Gottschalk. O público presente saiu extasiado do recital, e os músicos participantes do festival tiveram a chance de serem apenas fãs por uma noite.

Sempre lembrando que os concertos são realizados na Igreja Matriz de Paraguaçu Paulista e a entrada é franca.

Imagens do terceiro dia do Festival de Música; dia terminou com a recital de Eudóxia de Barros. Fotos: Lúcia Maroni/FEMUSPP
Ver mais

Lúcia Maroni

Jornalista desde2013. Formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Apaixonada pelo rádio e pelo São Paulo F.C. desde sempre.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar