JornalismoLúcia MaroniMúsicaPalestras

Concerto de música clássica encerra o 2º dia do FEMUSPP com chave de ouro.

O segundo dia do 3º Festival de Música começou com uma palestra do professor Airan de Sousa, mestre na UNB e que falou sobre a contribuição da física na afinação de instrumentos musicais através dos tempos. Ele destacou também a relação da matemática com a música e como ela consegue ser a única arte que atua em todas as áreas do cérebro. Houve a presença de estudantes de música de várias idades e também de professores da cidade interessados no tema.

O dia continuou com a realização do ensaio dos músicos que se apresentariam à noite e também com as oficinas de música que fazem parte das atividades do festival.

À noite, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Paz, houve o tão aguardado concerto com a Orquestra Sinfônica do Noroeste Paranaense – que contém, em sua maioria, músicos bem jovens; mas sem limite de idade – sob a direção do maestro Samuel de Siqueira. No programa, obras de Vivaldi, Mozart, Tellman (compositor alemão) e Koussevitizky (compositor russo).

O público aprovou o espetáculo, que contou com a participação do violista Germano Carvalho de Jesus (os 4 movimentos de Tellman) e também do contrabaixista Fernando Almeida (1º movimento de Koussevitizky). O ‘bis’ ficou por conta de “La Rustica”, de Vivaldi. Sem dúvida, um espetáculo de encher ouvidos e corações de apreciadores de boa música.

Lembrando que todos os concertos começam às 20:30, sempre na Igreja Matriz e a entrada é franca. Para amanhã, a atração principal será o recital de piano com Eudóxia de Barros.

Imagens do segundo dia de atividades; atração principal foi a Orquestra Sinfônica de Umuarama (PR). Fotos: Lúcia Maroni/ FEMUSPP

 

Ver mais

Lúcia Maroni

Jornalista desde2013. Formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Apaixonada pelo rádio e pelo São Paulo F.C. desde sempre.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar