CulturaDavi ValukasHistóriaJornalismoMídiaMovimento RevolucionárioNotíciasPodcast Davi ValukasPolíticaSoros

A Assembléia Européia soberana e o globalismo supranacional

A União Européia está dando mais um passo para se tornar o que os grandes burocratas globalistas sempre quiseram, um Estado supranacional: em meio à crise na França, estão estudando a criação de uma “Assembléia Européia soberana” em nome de “instituições mais democráticas”, segundo a novilíngua vigente, ou seja, um organismo internacional com poderes para suplantar as soberanias nacionais do continente.

Quanto mais fica provado que isso não funciona, mais eles avançam rumo ao abismo de um governo totalitário mundial!

Isso é Globalismo abjeto e tirânico, é progressismo canalha e hipócrita. Esperamos que isso possa ser barrado de alguma forma.

Tags
Ver mais

Davi Valukas

Davi Samuel Valukas Lopes nasceu no dia 06 de setembro de 1985, na cidade de Araraquara, no interior paulista. Filho de um trombonista, começou os estudos musicais no saxofone em 1996 na Congregação Cristã no Brasil, onde toca até os dias de hoje. Tornou-se instrutor musical na mesma igreja no ano de 2002, até o ano de 2016. Estudou piano clássico por quatro anos e guitarra blues por um ano. Ministrou oficinas de musicalização de 2009 a 2012 pela Secretaria Municipal de Cultura de Araraquara. Foi um dos fundadores de um projeto de musicalização infantil na periferia da cidade, no Jd. das Hortências, chamado Família Afro Son. Trabalhou na composição e interpretação da trilha sonora de espetáculos de dança junto com outros músicos de Araraquara. Mudou-se para Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em 2012. Na cidade, ministrou aulas de saxofone e teoria musical, tocou um ano e meio na Jazz Band Ladário Teixeira e atua desde 2016 na área de Treinamento e Educação Corporativa. Monarquista convicto, é co-fundador do Círculo Monárquico de Uberlândia. É graduado em Gestão de Recursos Humanos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar